Embora seja o início do ano civil, o ano solar começa em Março com o Equinócio da Primavera, então se você não está realmente sentindo a onda de ‘novidade’ do ano novo, não se preocupe, temos muita energia para processar de 2021 neste mês, bem como alguns ciclos antigos que estão terminando e novos começando. Apertem os cintos, é um grande mês e um grande começo para um novo ano.

Começamos o novo ano com uma vibração 6, muito mais estável e calma do que a estranha vibração 5 de 2021. Mas este não é um 6 comum, pois vem de 2 + 2 + 2 que só temos uma vez em um milênio e destaca um dos grandes temas deste ano que é a congruência energética e a harmonia divina.

O número 2 é um par, coisas que se unem, ressonância, semelhança e equilíbrio. E com Janeiro como um mês 1, temos uma vibração de número 7 para este mês, que é o número da espiritualidade, introspecção e criação de equilíbrio interno.

Com uma vibração 7, temos a sabedoria e o poder de eliminar as distrações, fontes de caos e coisas que não contribuem para o nosso avanço. E como é o primeiro mês deste novo ano, é um bom momento para começar a pensar sobre quem e o que você deseja que o acompanhe no novo ano e como você deseja que o seu ano se manifeste.

Alguns grandes movimentos de energia em Janeiro incluem a mudança de signo do nodo lunar em 19 de Janeiro. Isso é importante porque isso acontece a cada 2 anos e em ciclos de 19 anos. Com este, temos que olhar para Abril de 2003, quando o nodo lunar anterior no ciclo de Touro começou e em Agosto de 2012, quando o nodo lunar entrou em Escorpião. Em Dezembro de 2012 tivemos a grande data 12-12-12 que todos pensavam que seria o fim do mundo e que, aparentemente, acabou por não ser nada.

Mas foi isso? Acho que não.

Foi o início, não o fim, de um enorme ciclo de transformação que vimos acontecer em 2021, 9 anos depois. E agora temos o ponto médio deste ciclo acontecendo com os nodos lunares, acontecendo com o retorno muito importante de Plutão nos Estados Unidos em Fevereiro.

Janeiro começa com um retrógrado contínuo de Vênus que começou em Dezembro e vai se conectar com Plutão três vezes durante aquele retrógrado, que dura até Março. Também temos Mercúrio retrógrado de 14 de Janeiro a 3 de Fevereiro, que também tocará Plutão e Marte estará em Capricórnio no final deste mês, para se juntar aos outros planetas pessoais, Mercúrio e Vênus, para formar conjunção com Plutão em Fevereiro.

Lembre-se de que em meus relatórios de energia de Outubro e Novembro de 2021 eu falei sobre Marte e Mercúrio sendo como Batman e Robin, e Vênus como a Mulher Maravilha, já que todos enfrentaram Plutão em 2021. Temos estas mesmas energias acontecendo juntas em Janeiro e Fevereiro. Este é um momento de ‘poder para o povo’, como Davi contra Golias e todos nós sabemos quem ganhou essa batalha (dica: se você não sabe, foi Davi).

Outro grande impulso de energia neste mês vem de Júpiter em Peixes, onde se sente mais em casa, já que Júpiter é o regente tradicional de Peixes, antes de Netuno ser descoberto em 1846, logo antes da conjunção Júpiter / Netuno. Os ciclos de Júpiter em Peixes são muito significativos espiritualmente e nos capacitam com consciência e novos potenciais.

Eles também são uma fonte de bênçãos, mas lembre-se de que é um termo bastante subjetivo. Uma bênção de Júpiter pode ser um evento de mudança de vida que teve que acontecer para que algo mais se tornasse disponível para você. Não pense que bênçãos só significam coisas “boas” porque podem ser situações e eventos que você percebe que são bênçãos depois que a poeira baixou e o caos se acalmou.

Há muito apoio espiritual para nós agora, e podemos usar toda a ajuda que pudermos obter. Sim, as coisas estão ruins e há muita pressão sobre nós, mas temos a luz do nosso lado e os números também.

Também temos outra repetição da quadratura Saturno / Urano no início de Janeiro e Urano segue direto por volta do dia 15, onde avançará até o final de Agosto. Temos mais algumas quadraturas Saturno / Urano acontecendo neste ano, de modo que a energia, que foi um grande tema de 2021, permaneça conosco e isso é uma coisa boa porque é uma das razões pelas quais estamos cientes da tirania que está acontecendo no mundo e porque está acontecendo de forma tão aberta.

2021 foi o ano da soberania energética e tivemos um rude despertar quando percebemos que não seria uma jornada fácil e um processo “feito para você”. Em vez disso, vimos que nossa soberania energética foi desafiada a cada passo do caminho e quanto mais nos alinhamos com ela, individual e coletivamente, mais nos deparamos com a tirania e os abusos de poder. Bem, isso não vai mudar da noite para o dia, mas temos a vantagem e os números, então mantenha o curso e não desista.

O tema de Janeiro é discernimento e é um mês adequado para isso. Você sabia que este mês leva o nome do deus romano Janus, que tinha literalmente duas faces, ele podia olhar tanto para o passado quanto para o futuro. Lembro-me de que chamar alguém de duas caras era um insulto, significava que eles eram bons na sua cara, mas falavam mal de você pelas costas.

A palavra discernir significa separar, diferenciar, distinguir e discriminar. Quando usamos o discernimento, olhamos para as pessoas, situações, eventos em primeiro lugar para ver como eles se encaixam ou se alinham conosco e com o nosso caminho e nossa energia. Olhamos para a intenção, agendas, propósitos e significados.

Em vez de dizer “sim” para assumir novos caminhos de cura, responsabilidades ou compromissos, consideramos o custo para nós e nossa energia, verificamos se isso é algo que queremos fazer e se é um trunfo para nossa intenção e potencial de energia, ou se é um risco, algo que irá drenar nossa alegria, paz de espírito e paz do coração.

É um início adequado para um ano onde a auto-concepção é um tema central, no qual temos que nos colocar em primeiro lugar e avaliar cuidadosamente cada situação que encontramos antes de pularmos e entregarmos o nosso poder, energia e luz. Isso não significa que não possamos ser úteis e solidários, significa que não podemos fazer isso às custas de nossa própria alegria.

Os dias do Curador Martirizado acabaram e devemos agora incorporar a Consciência Crística, nosso próprio paradigma da 5D do céu na terra e naquele espaço não há lugar para coisas que drenam nossa luz e energia e nos causam dor. Bem-vindo à nova era de auto-capacitação e adeus aos dias de sofrimento e de assumir os problemas dos outros. O mundo não precisa de um salvador, ele precisa de inspiração, incentivo e intenções ousadas com fortes limites de energia.

Em Janeiro, temos uma lua nova no dia 2 em Capricórnio com muitas conexões com os planetas pessoais, e destaca a energia da quadratura Saturno / Urano. A lua cheia de 17 de Janeiro brilha bem em Plutão e adiciona mais luz ao seu retorno aos Estados Unidos em Fevereiro.

E adivinhe, a lua cheia de 16 de Fevereiro está aos 28 graus de Leão, o grau exato do grande eclipse em Agosto de 2017, conhecido como o Grande Eclipse Americano, bem a tempo para o exato retorno de Plutão aos EUA. Tempos divertidos e emocionantes pela frente! Aperte o cinto e lembre-se de definir intenções poderosas, ousadas e fortes e mantenha elevada a sua energia.

Você sentirá as grandes mudanças de energia neste mês e elas nos estão preparando para o importante e exato retorno de Plutão aos EUA no próximo mês, que também é um evento global. Plutão em Capricórnio de 1762 a 1778 marcou o início de mudanças na sociedade que incluíram o conceito de soberania individual – recusa em estar sujeito à monarquia.

E com o Mercúrio retrógrado, lembre-se de checar as comunicações, deixe um tempo extra para viajar, espere atrasos, preste atenção onde você coloca as coisas, verifique antes de assinar e espere ter que refazer algumas coisas. Vênus também está retrógrado, então, isso se aplica duplamente e você pode ter algumas surpresas de velhos amigos ou parceiros, convites para refazer relacionamentos ou a informação de que você precisa saber que definitivamente é hora de terminar algo.

E embora haja muita pressão para tomar as decisões de ano novo e dar um grande e ousado passo à frente no início do ano, não acho que seja sempre a melhor estratégia. Embora vejamos Janeiro como um período de começos, também precisamos pensar um pouco sobre o que precisa terminar para permitir que os começos aconteçam. Se você está se sentindo sem inspiração e desmotivado agora, considere que talvez não sejam os começos que precisam de sua atenção, são os términos.

Passamos por alguns anos difíceis que nos obrigaram a muitas mudanças, perdemos contato e conexão com a família e amigos, e todos os aspectos de nossas vidas foram desafiados de maneiras sem precedentes.

Então, se você precisa de algum tempo para se reagrupar agora, aproveite porque o início exige finais e se você quer um novo começo, você tem que deixar os finais acontecerem, assim você começará com uma nova vibração, um caminho claro e sem arrependimentos sobre o passado.

É um grande começo para um grande ano e se você não estiver sentindo isso, lembre-se de que é o início do ano. O ano solar começa em 20 de Março com o Equinócio da Primavera, quando o Sol entra em Áries. Em qualquer caso, comemore o final de 2021 e o início de um novo ano estando aberto a grandes potenciais, tendo fortes limites de energia e definindo sua intenção para tudo que é cheio de luz, alegre e gratificante.

Tenha um ótimo mês.

Autor: Jennifer Hoffman
Autor: http://enlighteninglife.com/
Tradução: DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui

10 Views