É uma honra me conectar com você dessa maneira novamente.

Há muito para nos atualizarmos, então vamos direto ao assunto!

 Criando espaço para o novo

Outubro será um excelente momento para simplificar nossas vidas, criando espaço para recebermos novas bênçãos e experiências positivas.

Ao longo de nossas vidas, a maioria de nós acumula uma abundância de “coisas” materiais que tendem a ocupar muito espaço em nosso ambiente físico.

Se um fluxo natural de entrada e saída não estiver ocorrendo, podemos formar apegos a essas coisas materiais. O peso desses apegos pode restringir e sobrecarregar nossas energias, o que pode nos levar a nos identificarmos com crenças limitantes. Podemos então criar hábitos que nos sobrecarregam ainda mais, impactando nosso bem-estar emocional e mental.

Isso pode nos levar a experimentar padrões contínuos de sermos acionados com frequência, entrarmos no medo e preocupação, acreditarmos que nada está funcionando a nosso favor e sentirmos que estamos na falta, especialmente em nossas finanças.

Outras questões podem se seguir, incluindo baixa autoestima, autossabotagem, ciúme, julgamento de nós mesmos e dos outros e outros desafios repetidos que podem nos reter ainda mais.

Podemos liberar muito desse processo criando espaço em nosso ambiente físico. Isso também nos ajuda a criar espaço em nossa mente e emoções, para que possamos abraçar uma realidade diferente – uma que pareça mais agradável e em expansão.

É importante nos ajudarmos dessa maneira, porque quando a mudança acontece tão rapidamente como agora, pode trazer à tona muitos problemas não resolvidos. Isso pode parecer pesado e denso tanto para a mente quanto para o corpo.

Muitas pessoas permanecerão presas nesta densidade por dois motivos:

A densidade mental e emocional pode servir como uma espécie de armadura que eles construíram em torno de si, para se sentirem protegidos.

É fácil ver por que as pessoas sentem a necessidade de construir uma armadura energética em torno de si, para tentar se proteger do mundo.

Vivemos em uma sociedade que nos ensina a focar nas coisas que não gostamos em nós mesmos. Somos encorajados a nos compararmos com as imagens e expectativas irreais de aparência e estilo de vida criados pela televisão, filmes, revistas e outros meios de comunicação.

Além desse padrão inalcançável e perfeccionista, muitas pessoas cresceram em lares onde seus pais as criticavam continuamente por não atenderem às expectativas da família – não serem inteligentes o suficiente, talentosas o suficiente, magras o suficiente ou simplesmente não terem os interesses ou a personalidade que seus pais queriam ter.

Essa pressão cria uma criança muito cautelosa e confusa, que se torna um adulto muito cauteloso e ressentido, se esses problemas não forem resolvidos.

Outra razão pela qual as pessoas permanecem presas na densidade é que:

Elas se identificaram com a densidade por tanto tempo que esqueceram quem são sem ela.

A maioria de nós usará nossa armadura por tempo suficiente para começar a permitir que ela defina como nos apresentamos no mundo. Somos então impedidos de perceber e receber plenamente as bênçãos ao nosso redor, porque não estamos agindo como nossos eus autênticos abertos e conscientes.

Podemos começar a soltar a armadura e descarregar a densidade que carregamos por tantos anos. Uma das coisas mais eficazes que podemos fazer para liberar nossa densidade emocional e material é simplificar nossas vidas e o espaço ao nosso redor.

Percebi que o ambiente que criamos para nós mesmos externamente é um reflexo direto do ambiente que criamos interiormente.

Simplificar nosso ambiente físico a cada poucos meses ajuda a criar espaço para que mais bênçãos entrem em nossas vidas.

Também podemos criar espaço em nossa mente, passando um tempo longe do telefone e de outros dispositivos da mídia, que muitas vezes servem como distrações, impedindo-nos de nos conectar ao momento presente.

Este é um ótimo momento para fazer isso, especialmente depois de todas as energias intensas pelas quais passamos nas últimas semanas.

Se houver algum item que não usamos há mais de um ano, seja roupas, livros, papéis ou qualquer outra coisa que esteja apenas acumulando poeira, é hora de doar, vender ou se livrar deles!

Se existem alguns objetos que têm um significado especial para nós, é claro que podemos encontrar um lugar para eles.

No entanto, quanto menos objetos nos apegamos, mais espaço criamos para que novos milagres entrem em nossas vidas.

Algumas pessoas podem achar fácil começar a simplificar e reduzir seu espaço, enquanto outras podem achar que é uma das coisas mais difíceis que já fizeram.

Se você acha que simplificar seu espaço é um desafio, seja gentil consigo mesmo e dê pequenos passos.

Faça a si mesmo perguntas como: “Quem sou capaz de ser, quando me liberto de todas essas coisas?” ou “Quanto espaço posso criar, organizando meu espaço, para que novas bênçãos entrem em minha vida?”

Reflita realmente sobre as respostas que chegam até você. Essas perguntas ajudarão a criar novos caminhos neurais no cérebro que começarão a trazer pensamentos mais elevados. Estes ajudarão a capacitá-lo a dissolver os velhos padrões que o limitaram e o impediram de viver sua melhor vida.

Um ambiente saudável eventualmente leva a uma mente saudável. Através do ato de simplificar nosso espaço de vida, criamos uma abertura para nossa mente liberar sua tagarelice vazia.

Na verdade, estamos lhe dando o espaço necessário, para saber como relaxar, ficar tranquila o suficiente para estar no momento presente.

Quando nossa mente sabe totalmente como operar e viver no momento presente, saímos do tempo linear e entramos no tempo não linear, também conhecido como “o fluxo superior”.

É quando estamos no fluxo superior que nos abrimos para as vastas bênçãos que o Universo tem a oferecer.

Estar nesse fluxo de pensamentos e sentimentos mais elevados significa que escolhemos manter a vida simples – e é aí que a magia e os milagres podem acontecer.

DISSOLVENDO A ARMADURA

À medida que avançarmos nos próximos meses, haverá um aumento na descalcificação do coração e da mente da humanidade.

Isso acontecerá até que a armadura de densidade que muitos de nós ainda estamos mantendo seja dissolvida.

Quando um mundo opera no modo de sobrevivência por longos períodos de tempo, ocorre um endurecimento em torno da consciência da humanidade, como uma armadura externa dura.

Essa armadura se manifesta para tentar manter tudo dentro dela seguro. No entanto, esse tipo de proteção falsa também significa que abrimos mão de nossa liberdade.

Não precisamos mais dessa armadura, porque nossa verdadeira natureza é livre e não pode ser confinada por muito mais tempo.

Temos experimentado muitas rachaduras ao longo dos anos em nossa armadura pessoal e coletiva. Essas rachaduras agora permitem que a luz da Fonte permeie totalmente tudo dentro da armadura.

A descalcificação desse exterior duro continuará até que a armadura de densidade esteja totalmente dissolvida. Nesse ponto, nossos corações e mentes serão capazes de aceitar completamente o Amor Divino que sempre foi a essência central de toda a nossa própria vida.

Se olharmos mais de perto, podemos ver isso acontecendo em todo o mundo.

É muito claro que o aspecto de sobrevivência da humanidade está passando por um momento extremamente desafiador para se adaptar ao derretimento de nossa armadura pessoal e coletiva.

Vemos isso em todos os lugares, desde igrejas e governos até dinâmicas familiares e comunidades locais.

Todas as táticas de resistência e medo que antes eram um elemento básico de como a sociedade funcionava, simplesmente não estão mais funcionando. As pessoas despertaram ou estão despertando e estão questionando tudo.

Os velhos aspectos da sociedade que incitam o medo não têm mais o mesmo poder sobre as pessoas como antes. Este é um indicador claro de que uma transformação completa do mundo como o conhecemos está em andamento.

Qualquer coisa que atrapalhe a compaixão e o amor eventualmente também se torna compaixão e amor, não importa quanta resistência ocorra para chegar lá.

Agora é a hora de fazer nosso trabalho interior, de nos alinharmos com o aspecto mais gentil, compassivo e amoroso de nós mesmos. Isso ajudará a garantir que nossa transição para o próximo capítulo da jornada da humanidade seja mais suave e agradável.

UM GRANDE SALTO NA CONSCIÊNCIA

Nestes próximos meses, experimentaremos outro grande salto na consciência.

Um grande salto na consciência parece uma paixão renovada pela vida. Isso pode incluir o desejo de:

Ser mais ativo e produtivo

Começar algo novo (projeto, negócio, carreira, hobby, relacionamento)

Limpar e simplificar a nossa casa

Aprender um novo idioma ou instrumento e viajar

Fazer um curso, workshop ou aulas em uma nova área

Pensar maior e fora da caixa

Liberar pessoas, lugares e experiências que não apoiam mais nosso bem maior

Sentir-se ainda mais conectado ao nosso Espírito e ao Universo

Olhar e resolver velhos padrões que nos impediram de ser nosso eu mais autêntico e honesto

Fazer parte de uma comunidade solidária

Fazer a diferença

Ser mais amoroso, compassivo e gentil com nós mesmos e com o mundo

Fazer da nossa paz interior e bem-estar a principal prioridade em nossas vidas

Cuidar melhor do nosso corpo e mente (alimentar-se de forma saudável, exercitar-se, meditar)

Reconhecer a divindade dentro de nós mesmos e dos outros.

Como coletivo, também notamos mudanças externas, incluindo:

Ciência e Espiritualidade se fundirão para se tornarem uma, à medida que novas descobertas ocorrerem que unam seus conceitos

Coisas que antes eram ocultas ou desconhecidas para a humanidade virão à tona para serem reveladas e abordadas

As velhas instituições sociais que promovem uma agenda baseada no medo e na separação vão lutar e não terão mais o mesmo controle sobre a humanidade como antes

Qualquer pessoa que promova ou defenda constantemente a separação e o medo começará a sentir o peso disso sobre ela, física, emocional e mentalmente, tornando-se um desafio para ela continuar promovendo essas energias.

Novos conceitos, invenções e resoluções serão introduzidos com a intenção de ajudar a criar uma maior cura e unidade em nosso mundo

Diferentes indústrias (alimentos, medicamentos, suplementos, etc.) darão outro grande salto, trazendo produtos saudáveis, transparentes e sustentáveis para as massas.

Pessoas de todas as esferas da vida descobrirão que têm muito mais em comum umas com as outras do que jamais imaginaram, permitindo que as pessoas se unam e criem mais e maiores mudanças positivas no mundo

Muitas pessoas com plataformas para fazer a diferença irão intensificar e fazer coisas ainda maiores do que no passado

A música e a arte que forem lançadas durante e após os próximos meses também refletirão as poderosas mudanças que estão ocorrendo agora.

E muito mais!

TORNANDO-SE UMA CIVILIZAÇÃO PLANETÁRIA

O próximo salto na consciência destina-se a nos aproximar de nos tornarmos uma civilização Tipo 1, conhecida como civilização planetária.

Uma civilização planetária permite que todos nos unamos como uma família global e criemos uma realidade que sustente o maior bem de todas as pessoas, em vez de apenas alguns poucos selecionados.

Essa mudança nos está tirando da velha mentalidade arcaica de Nós vs. Eles, para uma mentalidade de Nós, onde cuidamos, honramos e valorizamos a divindade  no outro.

O ápice de todas essas agitações é a formação de uma civilização planetária – o que os físicos chamam de civilização Tipo I. Esta será talvez a maior transição na história da Terra, marcando um afastamento acentuado de todas as civilizações do passado:

“Toda manchete que domina o noticiário reflete, de alguma forma, as dores do parto da civilização planetária. Comércio, cultura, idioma, entretenimento, atividades de lazer e até a guerra estão sendo revolucionados pelo surgimento desta civilização planetária”.

– Michio Kaku, Física do Futuro

O que isso significa é que, embora estejamos vendo muito caos no mundo, tudo está acontecendo como parte de uma mudança na consciência que está abrindo caminho para algo muito maior emergir.

Se apenas refletirmos sobre os avanços que ocorreram nos últimos 5 a 10 anos, podemos ver muitas confirmações da mudança que está ocorrendo. Ideias e soluções progressivas que podem não ter sido aceitas antes estão se tornando comuns e consideradas “normais”.

Os próximos meses nos ajudarão a dar outro grande salto na direção de nos tornarmos uma civilização planetária.

É incrível saber que estamos passando por esses momentos emocionantes juntos!

Até a próxima,

Milagrosamente seu,

Emmanuel

https://emmanueldagher.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

19 Views