2023 nos oferecerá a oportunidade de nos libertarmos da realidade dessalinhada que não está em harmonia com quem estamos nos tornando plenamente.

Este é o ano em que lembramos que não precisamos ser libertos, salvos ou corrigidos por ninguém ou nada.

Este é o ano em que lembramos que somos realmente mais livres e libertadores, e que a única coisa que estamos aqui para libertar e liberar é a nossa mente, da ilusão de que ela precisa acreditar em cada pensamento que tem sobre si mesma e sobre o mundo.

E se os pensamentos com os quais a sua mente escolhe se identificam apenas pensamentos e não tiveram nada a ver com quem você realmente é?

E se quem você é em sua essência para alguém que já é livre e muito maior do que qualquer pensamento com o qual sua mente escolhe se identificar?

Seu Eu Central, que é seu Eu Espiritual, foi e sempre será livre.

A mente pode não se sentir confortável em acolher o vasto sentiridão que vem de saber que você já está livre, porque a mente foi condicionada a prosperar dentro dos parâmetros autoprotetores de controle e segurança.

A chave para libertar a mente é mostrar gentilmente como encontrar conforto e segurança por meio do reconhecimento diário de seu Eu Central/Eu Espiritual. Criar espaço para o seu Eu Central/Espírito se tornar mais presente para a mente permitirá que a mente construa confiança em você.

Quando conseguirmos maneiras de afirmar para a mente que ela não está perdendo nada ao aceitar e trabalhar harmoniosamente junto com nosso Eu Central, mas sim mostrar-lhe o quanto isso pode ser valioso, nós a liberamos para assumir seu verdadeiro papel.

Ao entrarmos no Novo Ano, vamos refletir se estamos ou não nos permitindo ser livres de todas as formas.

Estamos nos permitindo brilhar intensamente? Estamos falando nossa verdade plenamente?

Estamos aceitando e compartilhando todos os nossos dons, talentos e presença com o mundo, da maneira que realmente desejamos?

Estamos dedicando tempo para nos amarmos, mimarmos e nutrirmos a nós mesmos e aos outros com frequência?

Estamos reservando um tempo todos os dias para permitir que nossa mente reconheça totalmente nosso Eu Central / Espírito, da maneira como nosso Espírito já ama e reconhece nossa mente?

Estamos expressando gratidão sincera por nossas bênçãos?

Se você respondeu sim a essas perguntas, provavelmente já está experimentando uma grande liberdade em sua vida.

Se, por algum motivo, você ainda estiver lutando para se conectar à vibração e à experiência da liberdade, saiba que é apenas um feedback, para lembrá-lo de que sua mente deseja receber amor, reconhecimento e apoio de você.

A CURA DO FEMININO DIVINO

A resistência que ainda estamos vendo acontecer no mundo agora é um resíduo da mente coletiva da humanidade. Essa mente coletiva ainda faz da sobrevivência uma prioridade maior do que estar na vibração do Amor e lembrar de nossa natureza Divina.

Isso se deve ao fato de que a humanidade há muito concordou inconscientemente em construir um sistema baseado na separação, falta, hierarquia e controle.

A humanidade criou essa forma de vida para aprender que  podemos obter o crescimento interior vivendo em uma sociedade baseada na sobrevivência.

Por milhares de anos, este sistema serviu como configuração padrão da humanidade, dando-nos muitos feedbacks importantes sobre o que nós, como seres soberanos, desejamos ou não criar mais.

Agora, esse sistema de sobrevivência está chegando ao fim e não pode continuar do jeito que está por muito mais tempo. É por isso que estamos vendo tanto caos em todos os lugares.

Como essa velha estrutura tem sido o sistema padrão do mundo por tanto tempo, à medida que a mente coletiva do ego sente uma grande mudança, ela está fazendo tudo o que pode para se apegar aos métodos baseados na sobrevivência dos quais depende.

Lembre-se, o ego/mente pensa que está fazendo a coisa certa ao se apegar ao que sempre acreditou que precisa para se manter seguro e protegido.

Muitos agora estão percebendo cada vez mais que viver no modo de sobrevivência o tempo todo é mais difícil do que nunca.

No entanto, a maioria ainda não tem certeza de como dar o salto dos velhos hábitos de controle, falta e medo, para formas de ser que refletem um estado de consciência empoderado, onde a liberdade reina suprema, com respeito por toda a vida através da justiça, paz, compaixão e amor.

À medida que avançamos para 2023 e além, um dos papéis mais importantes do Feminino Divino é ajudar a humanidade a ir além das criações equivocadas do Masculino inconsciente, que há muito se esqueceu de sua natureza Divina.

Por eras na realidade tridimensional, a humanidade foi influenciada principalmente pelo aspecto do Masculino que se separou de sua fonte Divina.

O que resta é o aspecto da energia Masculina que representa as ilusões de controle e sobrevivência.

Está bastante claro que este aspecto do Masculino que há muito tempo esqueceu sua Divindade está se esforçando muito agora, exercendo um grande esforço para manter seu controle sobre a humanidade.

Isso pode ser facilmente visto em muitos ramos e seitas de organizações religiosas, governos e corporações que dependem fortemente do medo para promover sua agenda.

É através do Feminino Divino que este aspecto Divino inconsciente da energia Masculina se curará e retornará aos seus padrões de pura perfeição.

É através do Feminino Divino que o Masculino Divino retornará à nossa experiência de vida na Terra.

O Feminino Divino representa o Amor Divino.

O Masculino Divino representa a Ação Divina.

Juntos, eles são invencíveis e criam Universos que apóiam a todos incondicionalmente.

O Amor Divino é a energia mais poderosa em toda a existência. É de onde vem tudo. É o coração sagrado e o útero de onde tudo nasce.

O Amor Divino não conhece julgamento. Ele só conhece a totalidade e a conclusão.

O Amor Divino expresso é compaixão.

Por eras, a humanidade foi levada a acreditar (através de ensinamentos baseados no medo e no controle) que a Fonte/Deus de toda a existência era um homem – uma figura masculina temperamental que vivia em algum lugar no céu e julgava tudo.

Esse tipo de condicionamento alimentou perfeitamente os padrões de medo e sobrevivência que levaram a humanidade a ceder seu poder a alguns poucos selecionados.

Mas agora, algo tremendo está acontecendo.

A bolha do medo da humanidade está estourando, e a mente coletiva (embora lutando um pouco) agora é capaz de receber o Amor nutritivo do Feminino Divino.

Isso permite que a parte da energia masculina que ignorou sua Divindade finalmente se cure e se lembre de sua Divindade mais uma vez, em toda a humanidade.

Para muitos que estiveram imersos em padrões de medo e sobrevivência, há uma curva de aprendizado ocorrendo, à medida que eles se ajustam a uma nova maneira de ser que está alinhada com sua presença EU SOU/Eu Espiritual – seus aspectos do Feminino Divino e Masculino Divino.

Como alguns estão achando difícil transcender seus velhos padrões de medo e sobrevivência, é importante para nós, dar-lhes espaço para se integrarem e se curarem.

Quando o medo não tem mais domínio sobre a consciência da humanidade, nós nos tornamos livres.

Podemos contribuir com a cura do Masculino, para que possamos nos libertar de seus velhos paradigmas.

Podemos fazer isso escolhendo ser uma presença compassiva para nós mesmos e para a humanidade como um todo, à medida que nos ajustamos às mudanças que nos estão tirando dos velhos padrões baseados no medo.

Compaixão é a capacidade de observar a resistência de alguém à mudança, sem julgar essa postura, ou tentar corrigi-la ou salvá-la.

A partir deste espaço de compaixão, podemos incorporar e expressar o Amor incondicional por nós mesmos e pela humanidade.

Quando nós e a humanidade recebemos Amor profundo e nutritivo por meio da compaixão, vemos que a mente coletiva e nossas próprias mentes têm muito menos probabilidade de resistir à cura e à transformação que estão acontecendo agora.

Através da compaixão, podemos apoiar o Feminino Divino enquanto Ele cura o aspecto da energia Masculina que uma vez escolheu abandonar a bela Divindade da qual faz parte.

UMA INTUIÇÃO FORTALECIDA

Um dos muitos presentes que o  Feminino Divino nos oferece é o dom da intuição. Em 2023 e além, nossa conexão com nossa intuição se fortalecerá.

Nossa intuição trabalha em estreita colaboração com o hemisfério direito do cérebro e o coração superior, oferecendo-nos percepções que ultrapassam os limites da lógica e do raciocínio do lado esquerdo do cérebro.

Nossa intuição é nosso conhecimento interno natural. Ela transcende o intelecto mental e nos conecta com a sabedoria do coração. É a voz do nosso Espírito.

Nossa intuição fala conosco constantemente, quer a mente escolha estar ciente disso ou não. Está sempre nos guiando na direção do nosso caminho mais elevado e nos empurrando para uma maior expansão, para que possamos viver a melhor versão de nossa vida nesta realidade em rápida mudança.

Durante 2023 e além, teremos muitas oportunidades de fortalecer nossos dons intuitivos. Também sentiremos um impulso mais forte para nos alimentarmos espiritualmente.

Tudo o que nos é pedido é que estejamos atentos em permanecer presentes. Isso nos permitirá estar abertos e disponíveis para os insights e cutucadas intuitivas que nos ajudarão a passar suavemente para a próxima fase de nossa jornada pessoal e coletiva.

Ao ter uma forte conexão com nossa intuição, fortalecemos todos os aspectos de nossas vidas.

Quanto mais ouvirmos e honrarmos nossos dons intuitivos, mais alinhados estaremos para criar uma vida de realização, alegria, amor, paz, prosperidade, liberdade e bem-estar.

Ao entrarmos em 2023, aqui está uma breve visão geral do que esperar no próximo ano:

Janeiro

O ano começa com força quando Marte, o planeta da ação e da energia, ingressa em Áries, o signo do guerreiro. Isso pode trazer uma onda de ambição e vontade de enfrentar novos desafios. No entanto, esteja atento a qualquer impulso de agir impulsivamente ou correr riscos desnecessários. Um ritmo suave e constante o levará longe.

Fevereiro

Vênus, o planeta do amor e dos relacionamentos, ingressa em Peixes, o signo do romance e da imaginação. Este pode ser um momento romântico e sonhador, mas é importante manter os pés na realidade e não se deixar levar pela fantasia. Este é um excelente momento para também fortalecer nossa capacidade de nos mostrarmos e nos amarmos.

Março

Mercúrio, o planeta da comunicação e das viagens, ingressa em Áries, trazendo uma abordagem nítida e direta à comunicação. Este pode ser um ótimo momento para se afirmar e transmitir suas ideias e intenções desejadas. Nesses momentos, no entanto, oferecer graça e bondade irá percorrer um longo caminho. É importante estarmos atentos e conscientes aqui, para não controlarmos ou forçarmos nosso caminho de forma conflituosa.

Abril

O Sol ingressa em Touro, o signo da estabilidade e segurança. Este é um momento para se concentrar em questões práticas e construir uma base sólida para o futuro. Também é um bom momento para apreciar as coisas simples da vida e desfrutar de um ritmo mais relaxado.

Maio

Júpiter, o planeta do crescimento e da expansão, ingressa em Gêmeos, o signo da comunicação e da flexibilidade. Isso pode trazer novas oportunidades para aprender e se conectar com outras pessoas. No entanto, tome cuidado para não se esforçar demais ou assumir mais do que pode suportar.

Junho

Saturno, o planeta da estrutura e da responsabilidade, ingressa em Aquário, o signo da inovação e do progresso. Este é um momento para se concentrar na construção de planos de longo prazo e na criação de uma visão para o futuro. Também é um bom momento para estar aberto a novas ideias e novas maneiras de fazer as coisas.

Julho

Urano, o planeta da mudança e da rebelião, segue retrógrado em Touro, o signo da estabilidade e segurança. Isso pode trazer interrupções inesperadas em suas rotinas e abalar sua sensação de segurança. É um bom momento para ser adaptável e aberto a mudanças.

Agosto

O Sol ingressa em Leão, o signo da criatividade e da auto expressão. Este é um momento para abraçar sua individualidade e deixar seus talentos únicos brilharem. É também um bom momento para fazer uma pausa e se divertir.

Setembro

Plutão, o planeta da transformação e do poder, fica retrógrado em Capricórnio, o signo da ambição e da realização. Isso pode trazer intenso foco e determinação, mas também uma tendência à obsessão e ao controle. É importante manter o equilíbrio e não se envolver demais em alcançar seus objetivos.

Outubro

Vênus ingressa em Escorpião, o signo da paixão e da intensidade. Isso pode trazer sentimentos intensos e um profundo desejo de conexão. No entanto, é importante ser honesto e franco com seus sentimentos e não deixar que a possessividade ciumenta atrapalhe.

Novembro

Netuno, o planeta da ilusão e da espiritualidade, fica retrógrado em Peixes, o signo do romance e da imaginação. Isso pode trazer um senso elevado de espiritualidade e um desejo de se conectar com algo maior do que nós mesmos. Também é um bom momento para estar atento à ilusão e não se deixar levar pela fantasia.

Dezembro

O ano termina com a entrada do Sol em Capricórnio, o signo da ambição e da realização. Este é um momento para se concentrar em seus objetivos e trabalhar para o sucesso. Também é um bom momento para ser prático e disciplinado em seus esforços.

Uma intenção sincera para 2023:

“A partir deste momento, eu acolho, recebo e percebo totalmente a liberdade interior e ao meu redor. Eu escolho intencionalmente estar aberto e no fluxo natural da vida, para continuar a me expandir em maior alegria, amor, paz, liberdade, riqueza financeira, apoio, criatividade, equilíbrio, estabilidade, diversão, brincadeira, satisfeita, confiança, conexão, Lembrança Divina e saúde impecável, com facilidade e graça. Isso ou algo maior, e assim é!”

Até a próxima,

Milagrosamente seu,

Emanuel

Autor: Emmanuel Dagher
Fonte:  www.emmanueldagher.com
Facebook:  https://www.facebook.com/emmanueldagher1
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Emmanuel Dagher  Aqui

Fonte postagem: www.sementesdasestrelas.com.br

15 Views