Antes quando você não sentia nada profundo, tudo era reto, linear, sem muita beleza e graça. Mas, ao “entrar” pela primeira vez nesse reino desconhecido, tudo muda instantaneamente.

Uma piscada que você dá com seu olhar, todo seu corpo vibra infinitamente e um sorriso cheio de graça brota em sua boca. Sua consciência inteira sorri. Você se permitiu, por isso sorriu.

Seus gestos ficam leves

A beleza flui pelo seu viver.

Você fica consciente de infinitas coisas que sempre estiveram aqui, mas que você nunca se aprofundou e se sensibilizou para as ver de verdade.

Você escuta a vida de uma forma totalmente nova e diferente. Os sons são incríveis. Ver as pessoas e toda a existência é incrível. É como se você tivesse enxergado pela primeira vez.

Entrar fundo nas camadas da consciência te mostra a vida real. E você descobre que estava morrendo mesmo sem estar morta(o).

Você mesmo se abortava, dia após dia. Você se anulava, se deixava para depois, tudo isso por medo de viver agora todo o seu poder de luz e amor.

Entrando fundo na consciência você se sente plena(o) e satisfeita(o), sempre satisfeita(o).

Nada te incomoda, você está bem com tudo.

Nada te atrapalha. Tudo te ajuda. Tudo é oportunidade para você entrar ainda mais fundo em si mesma(o).

Até as coisas negativas são transcendidas e você finalmente consegue enxergar beleza até mesmo nelas.

Será que seu ego quer se permitir aceitar que qualquer inimigo se dissolva em seu irmão?

O ego não quer nada de harmonia, por isso ele luta contra os lados. Ele tenta dividir algo que é indivisível. Por isso sofre.

Quando você entra fundo nas camadas da consciência, você transcende este desejo de criar lados e de tentar dividir a unidade viva. Por isso você se sente tranquila(o) e em paz. Por isso não sofre mais. É claro, parou de lutar, parou de resistir, parou de desenhar o próprio sofrimento.

Aceitou, então fluiu!

Tudo isso acontece ao relaxar. Você não deve relaxar só 10 minutos quando acordar. Isso é sabotagem ainda.

Precisa aprender a estar sempre relaxada(o). Isto é o seu natural.

Você precisa apenas se permitir, se entregar, se aceitar.

Então, naturalmente o relaxamento acontece.

Você quer saber o que eu sinto e como chegar lá, ou aqui. Mas a verdade é que isto já acontece, você só não está aceitando ver e viver o óbvio. Não está for a ou longe da sua realidade. Está bem aqui para todos nós. Basta você parar de lutar e naturalmente verá também toda sua consciência sorrindo.

Ela já está sorrindo. Mas e você, quer ver ela sorrir?

Somos Todos Um!

Gratidão

Lúcia Rico

58 Views