É um novo mês e 2023 está quase no fim. Acho que todos ficaremos felizes em ver este ano terminar, foi um ano bastante desafiador em uma série de anos que nos trouxe à beira do caos total e de novos níveis de consciência.

Talvez tenhamos que ver a escuridão para saber onde brilha a luz e descobrirmos quanta escuridão havia. Estamos nos últimos meses de Plutão em Capricórnio e a revelação ainda não acabou.

Novembro traz alguma calma após a tempestade de Outubro e seus dois eclipses, e isso será um alívio. É o momento de pesquisar o que ainda está de pé e decidir o que é relevante e ressonante e substituir o que não é.

Se você está se sentindo cansado, nervoso, oprimido e sobrecarregado, você não está sozinho. Estamos todos cansados, mas não é hora de desistir ou ceder porque dias mais brilhantes estão à nossa frente e a luz sempre supera as trevas.

Novembro é um novo começo após os eclipses de Outubro e isso é uma mudança bem-vinda. Os eclipses sempre agitam as coisas, revelam o que está oculto, trazem situações à tona e nos desafiam a encontrar novas opções quando o que antes era um elemento permanente em nossas vidas é reduzido a escombros.

Novembro traz a energia 9 e, como Outubro, é o 9 duplo, porque Novembro já foi o nono mês (novem significa nove) e é o número da conclusão. Os temas de Novembro são Recuperação de Energia e TRIM (que significa Transformação – Liberação/Renovação – Intenção/Integração – Domínio/Manifestação) e com os retrógrados terminando este mês, novos começos e novas perspectivas são possíveis.

Novembro é o 11º mês, mas foi o nono mês do calendário romano. Em 2023, um ano 7, Novembro tem valor 9, o número da conclusão. Mas precisamos expandir o significado de “acabar” – veja como 9 está escrito. Você tem o bastão e o círculo, 1 e 0, começo e fim. 1 é a palavra tornando-se matéria e 0 é o potencial infinito, o campo morfogênico de potencial energético à espera de uma palavra para se materializar. Este é o ciclo da criação infinita. Acho interessante que o código binário básico do computador seja escrito com 1 e 0.

A conclusão é mais do que finais, é ser inteiro e não faltar nada, terminar, realizar e estar em paz com o que podemos dizer que é uma obra-prima perfeita. Aqui a perfeição não é medida pelo resultado e não há fracasso. Alcançamos a perfeição em nosso desempenho, em nossa participação e naquilo que pudemos realizar.

Na minha definição de perdão, a conclusão e o encerramento são aspectos proeminentes porque a conclusão nos permite afastar-nos, sabendo que fizemos tudo o que podíamos, e que o nosso papel foi cumprido e o encerramento nos permite fazer isso sem culpa, vergonha ou arrependimentos.

Os temas de Novembro são Recuperação e TRIM e ambos se referem a como nos conectamos, nos alinhamos e usamos a nossa energia. A recuperação é o processo de recuperar sua energia e é muito mais do que recuperar seu poder. Isto é recordar a sua energia através de vidas de drenos de energia, como luto, decepções, expectativas não atendidas, drama, trauma, perda, raiva, tristeza, arrependimento e toda a série de energias que surgem com nossos parceiros cármicos. É nossa intenção remover a nossa participação energética em situações, memórias, desafios e qualquer atividade que esteja drenando a nossa energia do nosso momento presente.

Quaisquer mágoas ou arrependimentos, tristezas ou medos do passado têm uma forte participação em nossos fluxos de energia. Eles drenam a nossa energia. Podemos recuperar essa energia e nos afastarmos desses caminhos do carma. É claro que isso significa que também temos que abandonar todas as nossas agendas de carma. Estamos prontos para isso? Saberemos em breve. Esta é uma situação em que a dor de permanecer onde estamos tem que se tornar tão forte que estejamos dispostos a sair da nossa zona de conforto e procurar novos caminhos.

Desde que comecei a escrever, em Fevereiro de 2004, tenho dito que esta é a vida em que terminamos o nosso carma e aqui estamos. Estamos agora na Ascensão 2.0, um marco que alcançamos em Janeiro de 2022, conseguimos sobreviver a um retorno global de Plutão de 16 anos (o que felizmente nunca mais teremos que fazer), uma variedade de aspectos históricos astrológicos e energéticos, e muito caos mundial. Fomos testemunhas e participantes de uma grande revelação do carma individual e coletivo e agora que o vimos e sabemos o que é, o nosso próximo passo é recuperar a nossa energia, remover toda a ligação energética a estes caminhos do carma e recuperar nossa soberania energética e o projeto divino de congruência e harmonia divina.

Agora, isso acontece em vários níveis e o carma que temos com os outros é uma área de recuperação. Mas e quanto à energia e ao poder que cedemos aos nossos próprios traumas? Você sabe que o trauma energético cria tristeza e a tristeza é uma energia que infesta todas as áreas da sua vida com fortes arrependimentos sobre o passado e tudo o que vivenciamos lá.

Isto inclui situações em que fomos vitimizados, desempoderados, desrespeitados, desonrados e o nosso poder foi desmembrado até não nos restar mais nada. Inclui aquelas situações em que fomos vítimas e nos tornamos vítimas, esquecendo as nossas capacidades de manifestação e sucumbindo ao motivo e à inspiração que apagam as histórias da nossa vitimização. Acho que posso descrever isso melhor compartilhando minha experiência em meu livro, De Vítima à Vencedor.

Depois de começar a explorar as oportunidades de recuperação, você pode ficar oprimido com a percepção de que toda a sua energia foi desviada por uma variedade de pessoas e situações – não é de admirar que você esteja tendo problemas para a manifestação, que você sinta que é “impotente”, e o azar parece segui-lo por toda parte, ou você realmente acredita que o universo o tem ignorado.

Quando sua energia é esgotada por drenos de energia, você não tem recursos energéticos e não consegue realizar sua manifestação, milagres ou intenção. Isso porque você pode ter o processo em funcionamento, mas alguém drenou todo o gás do seu tanque – e já faz isso há muito tempo.

A recuperação é a chave para o sucesso da 5D porque precisamos de toda a nossa energia para criar a nossa realidade e não há carma nas frequências mais altas.

Outro tema de Novembro é TRIM, que significa:

Transformação que significa alterar permanentemente a forma de algo – como cozinhar um ovo – e criar algo novo

Liberar/Remover a energia que entra em conflito com sua transformação e bloqueia sua paz de espírito, coração e espírito

Intenção/Integração A intenção cria um recipiente de energia e é o segundo passo na manifestação. Mas a integração é igualmente importante porque você deve criar espaço energético em sua realidade para a sua intenção.

Mestria/Manifestação é como mostramos ao Universo que somos energeticamente soberanos, reconhecendo nossa mestria e então usando o nosso poder criativo para a manifestação. Isso não é algo que apenas pessoas especiais ou talentosas possam fazer.

Todos somos capazes de manifestar a nossa realidade – fazemos isso todos os dias – mas agora devemos fazê-lo com maior intenção e em alinhamento com o nosso caminho 5D da ascensão. Ao abordar o processo como um mestre, não como um servo ou iniciado, reivindicamos a nossa autoridade para criar milagres e dar forma à energia. Este é o processo de intenção ponderada e determinada – sem responder ao caos e ao drama com energia dispersa e esperanças de um futuro melhor. Em vez disso, definirmos uma intenção e alinharmos a nossa energia com ela, de forma deliberada e criativa.

Um dos grandes eventos em Novembro é Saturno em movimento direto em 5 de Novembro, o que é um grande negócio, já que está em Peixes. Observo os ciclos planetários porque eles são importantes para definir o tom energético do período. Saturno entrou anteriormente em Peixes em Dezembro de 1964 e em Janeiro de 1994. Se você conseguir se lembrar de quaisquer eventos significativos em sua vida naqueles momentos, isso estará voltando para revisão, reconsideração e aplicação de novos métodos, processos e energias.

Não concordo com os astrólogos que falam sobre os terríveis efeitos dos trânsitos de Saturno. Vejo Saturno como ele é, a força que remove a tentação, e as energias mal direcionadas do nosso caminho e nos força a estreitar o nosso campo de visão a um único ponto de poder. Isso também é verdade agora.

E quando alcançamos a conjunção Saturno/Netuno em Peixes (não exata, mas próxima o suficiente), algo que aconteceu apenas 3 vezes nos últimos 2.000 anos – nos anos 375-6, 1523-4 e de 27 de Abril a 6 de Maio de 1847, será outro nível de despertar, alinhamento e integração espiritual.

Saturno estará a 10 graus de Netuno em 2024 e, curiosamente, fará conjunção com Netuno em Áries em Junho de 2025. Este é um aspecto da 5D, a disciplina, ancoragem e foco de Saturno conectando-se com Netuno espiritual e ilusório, criando uma oportunidade para alcançarmos um dos nossos marcos de ascensão – criar a sinergia do humano e do divino, do material e do espiritual.

Por enquanto, podemos usar Saturno em Peixes para começar a acolher e incorporar nossos aspectos espirituais e divinos em formas utilizáveis e úteis, permanecendo ancorados em nossa humanidade e, ao mesmo tempo, aplicando princípios divinos para criar nossa realidade de maneira intencional. Sempre disse que é tão ruim ser muito espiritual quanto rejeitar a espiritualidade e ser 100% material.

Outro grande aspecto energético deste mês, um presente das estrelas, é Vênus entrando em Libra em 8 de Novembro. Este é outro posicionamento regido por Vênus, então temos a energia dupla de Vênus acontecendo e de Touro, outro regente de Vênus, puxamos Urano e Júpiter , ambos agora em Touro, na mistura de temas inspirados em Libra como justiça, equilíbrio, relacionamentos (incluindo romance e amizade) e a revelação de nossos inimigos porque Libra representa inimigos declarados.

Portanto, você pode esperar ver mais justiça e a revelação de mais corrupção e negócios sujos, além de descobrir quem realmente são seus amigos e se deparar com algumas escolhas que podem ser difíceis. E quando inspirados por Urano estes podem ser rápidos, surpreendentes, mas muito decisivos, e com Júpiter eles podem ser grandes, ousados e abri-lo para novas perspectivas e mais liberdade.

Em 13 de Novembro, teremos uma lua nova em Escorpião que se opõe a Urano em Touro, exatamente por isso o tema da revelação, da justiça e a saída da sua zona de conforto está em ação aqui. Também temos uma conjunção com Marte a 20º de Escorpião, que fornecerá a energia de ação de que necessitamos. O que é preciso para você ficar tão cansado e não ser feliz a ponto de decidir que é hora de fazer outra coisa? Você pode chegar a esse ponto em Novembro, especialmente nesta lua nova.

A lua cheia em 27 de Novembro está em Gêmeos, com aspecto esparso, mas abrindo a porta para explorar mais daquilo que amamos e no que somos bons. Gêmeos é criativo e se destaca em multitarefas. É hora de explorar ou expandir um hobby ou interesse? Você quer começar um pequeno negócio paralelo e ver o que acontece com ele? Esta lua cheia seria o momento para fazer isso, uma vez que também se opõe a Marte em Sagitário e Mercúrio, o regente de Gêmeos, que também está em Sagitário.

Lembra-se do tema de Novembro – recuperando sua energia? Este é o momento de fazer isso, de sair do jogo da culpa, parar de rever o passado com as histórias de poderia, faria, deveria, não posso, e nunca, e tente algo novo que alimente sua alma e sua conta bancária ao mesmo tempo.

No geral, Novembro é um alívio da forte energia do eclipse de Outubro e continua o tema que tivemos a partir de Agosto, à medida que avançamos em nosso caminho de Ascensão. Para compreender e aproveitar ao máximo a energia de Novembro, precisamos vê-lo como mais um passo em uma trajetória de ascensão mais longa que começou em Agosto.

O tema de agosto foi o Ponto de Inflexão, onde a força da transformação nos tirou da inércia e nos levou à ação.

Depois, em Setembro, tivemos a Conversão, onde tudo o que poderia ser, deveria ser e tinha que ser transformado veio à nossa inspeção.

Então, em Outubro, tivemos o tema da Catarse, que foi a grande purgação, a limpeza energética, as escolhas difíceis sobre o que manter e o que abandonar.

Agora, em Novembro, podemos ser despojados de tudo o que pensávamos que precisávamos e termos que fazer uma série de novas escolhas de vida, mas estamos livres de distrações, tentações e manipulações. Recuperação não se trata de resgatar o seu poder porque você não tem poder sem energia – tudo começa com energia. Portanto, reivindicar a sua energia é o que restaura a sua conexão com o seu próprio poder e é isso que faremos neste mês.

Para apoio extra, temos Mercúrio e Marte em Sagitário, amante da liberdade, este mês, onde eles nos proporcionarão um novo nível de maturidade espiritual. Sagitário é a expressão mais elevada de Gêmeos, ajudando-nos a trocar nossos caminhos cármicos por expressão criativa aprimorada. Como o terceiro signo do fogo, ele pega a energia impetuosa e imprudente de Áries, do egocêntrico Leão, e os transforma em mestres autoconscientes, deliberados e atenciosos.

A Recuperação da Energia também é o fim de um rito de passagem onde nos livramos do manto do Curador Martirizado e abraçamos o Mestre Empoderado. TRIM é a nossa diretriz para remover o que não é mais necessário, o que não serve a nossa intenção e visão, e o que drena a nossa energia e nos impede de estarmos totalmente alinhados e congruentes com os nossos próprios recursos energéticos.

Não se trata de equilíbrio, trata-se de congruência. Não se trata da sinergia das energias masculina e feminina – há muito que ultrapassamos isso. Qualquer pessoa que ainda esteja falando sobre o equilíbrio energético masculino e feminino não entende onde estamos no caminho da ascensão e provavelmente pensa que ainda estamos tentando atravessar o véu entre o espiritual e o material.

Agora, mais do que nunca, observe quem você está seguindo e esteja atento às pessoas que usam coerção, medo, manipulação e feitiços de glamour (sim, isso é uma coisa) para divulgar suas mensagens.

No próximo mês, o longo ciclo retrógrado planetário termina e começaremos 2024 com muitas realizações para capacitar nossa nova jornada neste ano 8. Se você estiver se sentindo cansado e esgotado, use a energia de Novembro para iniciar sua recuperação energética.

O que está drenando a sua energia e onde você pode começar a reverter esse processo? Lembre-se que a jornada mais longa acontece um passo de cada vez, e vivemos no momento presente – que é o momento em que você está respirando.

Autor: Jennifer Hoffman
Fonte: http://enlighteninglife.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Postagem: www.sementesdasestrelas.com.br

51 Views