Muitos de vocês experienciaram medos sobre o futuro do seu mundo, país ou vidas individuais.

Isto é compreensível.

Muitos em seu mundo lucram com seus medos.

Se você tem medo de que estar desinformado o torne vulnerável a ataques, você passará horas se mantendo informado.

Se você tem medo da escassez no futuro, comprará mais do que pretendia quando algo estiver em promoção. Se você tem medo de ficar doente, adquirirá bens e serviços para evitar a sua morte e passará inúmeras horas lendo sobre possíveis condições.

Como raça humana, vocês estão apenas agora começando a compreender que não importa quais ações preventivas ou corretivas vocês tomem, se vocês agirem por medo, não obterão o resultado amoroso que desejam.

Você poderia, é claro, fazer essas mesmas coisas por motivos amorosos. Você pode se manter informado porque adora saber sobre o mundo ao seu redor.

Você pode comprar algo em promoção porque adora fazer bom uso do seu dinheiro para poder aproveitar mais.

Você pode comprar bens e serviços porque adoraria se sentir saudável e cheio de vitalidade. Você está realizando as mesmas ações, mas os resultados de uma ação baseada no medo versus uma ação baseada no amor são muito diferentes.

A maioria de vocês executa essas ações por inúmeras razões, parte medo e parte amor, e você, portanto, obtém resultados mistos ou diluídos. Por exemplo, digamos que você ouviu dizer que a economia está ruim.

Você pode aceitar isso, adiar as compras que gostaria de desfrutar e começar a falar sobre a má economia, concentrando-se assim na carência e nas dificuldades financeiras e, portanto, atraindo-as. Ou você pode se sentir perfeitamente bem e dizer (tanto com sua energia quanto com palavras): “Vivo na economia de Deus, onde sou sempre cuidado e as coisas fluem quando preciso delas”.

No primeiro caso, você atrai aquilo em que foca. No segundo caso, você atrai aquilo que foca! Quanto mais vocês se concentrarem na economia do fluxo abundante de Deus, mais o seu mundo experienciará isso. No mínimo, você experienciará essa realidade.

Então, quando você ouvir sobre eventos, tendências e possibilidades em seu mundo, pare aí e decida como deseja vivenciar o futuro do seu mundo.

Quando o mundo gritar que você está condenado a perder o emprego e a ser controlado por um grupo de indivíduos mal-intencionados, pare. Decida como você deseja vivenciar o futuro. A maioria de vocês diria: “Não quero essa realidade!” O que você quer? Muitos de vocês desejam ter um trabalho significativo que apoie a vida que desejam viver.

A maioria de vocês diria que deseja sua liberdade. Qual seria a sensação de ter um trabalho que você ame e que sustente a sua vida? Como seria ser livre?

Você pode usar a sua mente como a ferramenta para a qual ela foi criada. Lembre-se de uma ocasião em que você fez algo que faria por amor e lembre-se de como é isso.

Lembre-se de uma época em que você se sentiu livre, mesmo que apenas por um momento, e deleite-se com esse sentimento.

Ao se concentrar nas coisas que inspiram esses sentimentos, você estará criando o futuro que experienciará. Você também está influenciando o futuro do seu mundo.

Você não está à mercê do mundo externo. Mesmo que alguém ordenasse que a sua área fosse bombardeada, na vibração de descansar com segurança no amor de Deus, você seria guiado para um lugar seguro a partir do qual criaria o seu futuro.

Mesmo que a economia se tornasse abismal, em uma vibração de fluxo e abundância, você experienciaria almas prestativas, grandes ideias e oportunidades para apoiar todas as suas necessidades e desejos.

Mesmo que você perdesse o emprego, em uma frequência de amor divino, você seria orientado para aquele que mais gosta.

Então, quando o mundo tentar atraí-lo para realidades e futuros assustadores, pare. O que você deseja experienciar?

Como você pode encontrar esses sentimentos? Nenhum de vocês jamais diria que queremos que outra pessoa controle o nosso futuro, mas quando vocês entregam suas mentes aos medos que estão sendo espalhados pelos outros, vocês fazem exatamente isso.

Queridos, vocês são tão lindos, tão poderosos, tão amados e tão amorosos! Vocês têm a capacidade de relembrar ou imaginar cenários que inspirarão lindos sentimentos que desejam sentir ao se mover através deste tempo/espaço que vocês chamam de vida.

Vocês têm mentes brilhantes que podem ser usadas como ferramentas para entrar em sintonia com sentimentos que criam realidades além dos seus sonhos mais loucos.

Então, escolham, queridos. Vocês criarão um futuro terrível ou glorioso que também influenciará a direção do mundo? No mínimo, vocês aproveitarão a vida.

Na melhor das hipóteses, vocês serão uma das notas vibracionais ou “votos” que direcionam o curso da história humana em direção a um futuro glorioso.

​Deus os abençoe. Nós os amamos muito.

Os Anjos

Canal: Ann Albers
Fonte: https://www.visionsofheaven.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Fonte postagem: www.sementesdasestrelas.com.br

19 Views