Skip to main content

Sarah Jane Grace – “Previsão mensal de Astrologia para Setembro de 2022”

Quando tomamos tempo para pausar, refletir e observar, é incrível o quanto mais vemos, ouvimos, provamos e sentimos.

Muitas vezes passamos a vida em piloto automático, apenas mantendo em frente, tentando ir de a a b, e raramente encontramos tempo para estar totalmente presente no mundo levando a uma profunda sensação de desconexão de coração e alma. É como se perdêssemos de vista a beleza, majestade e o poder da natureza, e não vemos mais o universo como um lugar de magia e criação, apenas desafio, luta e resistência.

Claro, a percepção molda e define nossas experiências, como a forma como vemos o mundo importa. Quando a vida parece desafiadora e ascendente, não é que estamos criando mais desafios, é só que temos dificuldade em explorar os recursos para encontrar soluções e caminhos a seguir. No entanto, não é tão fácil pensar que se “pensarmos positivo”, então tudo ficará bem, é que nos tornamos mais abertos a ver soluções e oportunidades.

Quando a vida parece estagnada, pegajosa e ascendente, reconectar-se ao mundo natural é um bom lugar para começar. Da chuva quente caindo após o calor, ou as folhas sussurrando ao vento sob a sombra fria da floresta, se nos tornarmos atentos e conscientes, nossa percepção pode se afastar da estagnação e em direção ao quadro maior da vida. Claro, isso não muda nada, só nos ajuda a nos virarmos melhor.

Cada um de nós tem um elemento que nos chama mais profundamente. À medida que o som do vento muda, diferentes notas são carregadas na brisa. O vento gentilmente levanta uma mente tagarelando, reconectando-se ao coração e à alma. As árvores trazem uma graça silenciosa e sabedoria, encorajando presença e conexão. Estar em um com as árvores parece ao mesmo tempo aterrado e edificante. Eles englobam e protegem, levantam e energizam. Quanto mais escutamos, mais ouvimos.

Ver os mares tempestuosos cair sobre as rochas é revigorante e animador. À medida que as ondas crescem cada vez maiores, seu poder e força se tornam claros à medida que lançam pedaços de madeira no ar como se fossem galhos. O estrondo é excitante e emocionante. O mar detém tal poder e majestade, como ele molda e define a terra, esculpindo novas características como ela vai. Enquanto podemos tentar dobrar e moldar os mares, das paredes do mar às defesas de inundação, o mar apenas faz o que faz com graça e magnificência.

Ver uma árvore mudando de uma estação para a próxima invoca muitas emoções diferentes da nova vida na primavera, quando as folhas crescem verdes, flores explodem e os botões começam a se formar, desde a espetacular matriz de cores antes que as folhas comecem a cair no outono, até se acalmar enquanto descansam em sono de inverno. Animais, plantas, árvores e o mundo natural passam de estação em estação, aceitando o ciclo da vida, constantemente se adaptando, encontrando maneiras de prosperar e sobreviver mesmo em tempos de desafio e adversidade.

Seria fácil continuar a encontrar exemplos de como o mundo natural captura a imaginação, ajudando a aproveitar a criatividade e nos energizando à medida que nos reconectamos à vida. É um mundo para contemplar e celebrar, mas também é um mundo que está lutando com o ritmo da mudança e a maneira como nós humanos escolhemos viver.

Em vez de assumir que outros vão “resolver isso”, cada um de nós precisa assumir a responsabilidade para viver o mais respeitosamente possível. É importante considerar o impacto que nossas escolhas fazem no mundo e perceber que todas as escolhas têm consequências. Podemos desfrutar da tecnologia da vida moderna, mas precisamos aceitar o aumento da demanda por combustível, as vastas minas que descascam a terra dos metais, e as montanhas de resíduos descartados. Podemos querer frutas ou culturas perfeitas, mas o custo de pesticidas e outros produtos químicos impacta as abelhas e insetos. Cada escolha tem uma consequência e é importante encontrar maneiras de viver mais conscientemente disso agora. Como tratamos a Terra, seus habitantes e uns aos outros importa. É um momento de respeito e amor, não de ódio, desinteresse e fúria.

Vivemos em um mundo onde podemos ser qualquer coisa, e em vez de sermos definidos pelas coisas que não queremos, não gostamos ou tememos, por que não abraçar as coisas que sabemos ser saudáveis, ternas e nutritivas? É fácil ignorar isso quando estamos tão focados em continuar, mas precisamos criar uma mudança de sementes agora para tentar viver da melhor maneira possível que gera amor, compaixão, respeito e unidade.

Muitas vezes há uma desconexão entre a natureza e a vida moderna, selvas de concreto sem árvores, alimentos envoltos em plástico em supermercados… Vivemos em um mundo onde temos comida o ano todo, se está fora de época onde vivemos, simplesmente voamos de outro lugar do mundo. Sim, podemos fazer isso, mas devemos? A natureza tem uma estação e os pássaros, animais etc respeitam essas estações e convivem com o fluxo e fluxo da roda à medida que muda de mês para mês. Os humanos querem o que querem quando querem; sentimos que podemos enganar a natureza e fazer o que queremos quando queremos. No entanto, não podemos enganar a natureza, não podemos prosperar como almas desconectadas, somos parte integrante do todo, e é importante começar a empurrar para trás contra a desconexão, a fim de se reconectar à Terra, à vida e uns aos outros.

A vida muitas vezes nos joga eventos e experiências que mudam os caminhos que caminhamos, podemos acabar indo em direção a um novo destino sem sequer perceber que mudamos de rumo, mas essa é a alegria de ser humano. Este é um momento para reconhecer nossa verdadeira essência, ser sincero e escolher viver de todo coração e conscientemente. À medida que nossa vontade e paixão de criar mudanças positivas cresce, ela alcança o exterior, inspirando os outros.

Não somos seres insulares, e prosperamos em conexão e unidade. É difícil quando vivemos em mundos concretos e virtuais, mas a natureza está conosco, só precisamos parar por um tempo para nos reconectarmos e vermos a beleza. É importante viver a vida o mais consciente possível, ouvir o silêncio e os espaços entre os espaços da vida; para estender a mão, para se conectar e respirar profundamente.

Quanto mais silencioso o corpo, mais alimentamos o coração e a mente. É através do silêncio onde a natureza rasteja e toca a alma nos lembrando de nos centrar e reequilíbrar-nos. A natureza é nossa professora. Sua simplicidade é cativante, sua beleza majestosa. Sustenta-se tranquilamente. A natureza inspira. Respirar. Soltar. Soltar…

Por enquanto, desejo-lhe todo tipo de maravilhoso.

Com amor

Sarah Jane

ÁRIES

À medida que você continua a pesar a vazão e o fluxo de sua vida, parece que há uma parte de você puxando contra o outro: de um lado, você está em avanço rápido, todo vapor à frente, mas do outro é uma forte necessidade de descanso, quietude e espaço de respiração. Alguns dias você sente como se estivesse fazendo malabarismo com duas facetas aparentemente impossíveis do seu ser, não tenho certeza se deve entrar na vida ou se deve parar e refletir. Isso às vezes pode deixá-lo confuso e descolorido, pois essas facetas do seu ser podem se sentir imoveis e igualmente dominantes. Na maioria das vezes, os avanços rápidos ganham, como você sempre tem muito a fazer, ver e ser, mas a necessidade de respirar espaço está silenciosamente crescendo em estatura à medida que você percebe a necessidade de mais equilíbrio em sua vida. Você prospera em estar ocupado, ter coisas para fazer e estar lá para aqueles ao seu redor, mas às vezes isso pode levá-lo tão longe de suas próprias necessidades que você nem percebe quando as coisas crescem fora de eixo.

É hora de ouvir mais o seu eu interior e perceber que seu espírito livre precisa de espaço para respirar agora; você tem muita criatividade e sabedoria que está buscando caminhos de expressão, e agora é a hora de reconhecer isso e começar a buscar novos caminhos na vida. Pode parecer que é impossível criar uma trégua entre esses dois lados de sua essência, mas o primeiro passo é perceber que eles sempre fizeram parte de você! Às vezes a vida não é sobre correr para o próximo objetivo ou destino, é sobre fazer uma pausa para desfrutar da vista. É hora de ir além da ocupação e entrar em seu próprio mundo interior para explorar sua criatividade e deixar sua intuição fenomenal liderar o caminho…

TOURO

À medida que você continua a abraçar o conceito de aceitação em sua vida, você está começando a ver as maneiras pelas quais você ignorou suas próprias necessidades e sonhos para o bem dos outros. Você também está percebendo que sua tendência de nunca se sentir “suficiente” em seus próprios olhos é impulsionada tanto pela auto-dúvida quanto pela falta de crença em seus dons e pontos fortes. O bastão de medição que você usa para quantificar seus “sucessos” na vida é principalmente baseado nas opiniões e necessidades dos outros, e você parece raramente deixar sua intuição liderar o caminho. É hora de se perguntar por que isso é, por que você não acredita em si mesmo? Por que não confia na sua intuição? Há uma sensação de que uma força motriz nisso é a sua inclinação para deixar os outros liderarem o caminho; ao longo dos anos isso corroeu sua auto-crença e levou você a colocar muitos de seus sonhos na prateleira. No entanto, agora que você está mais consciente disso, os ventos da mudança estão ganhando impulso à medida que você encontra algumas novas maneiras de simplificar e simplificar sua vida.

Obviamente, você não escolhe tornar sua vida mais complicada, mas muitas vezes você tem tantas coisas para fazer, e isso pode deixá-lo amarrado em nós e incapaz de ver a floresta para as árvores. Apesar de suas tendências terrenas e fundamentadas, há momentos em que você se sente como se estivesse suspenso no ar, tentando encontrar seu pé, mas sendo movido pelas necessidades, desejos e caprichos daqueles ao seu redor. Claro, você ama ser tudo para todos, mas é hora de respirar fundo e perceber que você precisa honrar suas próprias necessidades mais. Não se trata de ignorar aqueles ao seu redor, mas de não se ignorar mais. Você é uma alma vibrante, criativa e apaixonada; não só você é mais do que suficiente, você é incrível e magnífico…

GÊMEOS

À medida que as camadas caleidoscópicas e cintilantes de sua alma continuam a se revelar, há uma sensação de que você está começando a encontrar um sentido mais profundo de paz com sua verdadeira natureza. Você passou grande parte da sua vida tentando ser a pessoa que você achava que deveria ser, a pessoa que os outros queriam que você fosse, e a pessoa que a sociedade acharia mais agradável, mas a pessoa que você moldou e moldou nunca foi realmente a pessoa que você sabe que é, e isso resultou em um profundo nível de desconexão ao longo dos anos. Você nunca perdeu contato com sua verdadeira essência, que é tão bem quanto Agosto parece definida para vê-lo totalmente conectado a esse caleidoscópio de camadas, a fim de ganhar um novo senso de propósito e direção em sua vida. Como uma alma intuitiva, você é muito sensível ao fluxo e ao fluir; a miríade de emoções que vêm e vão esculpiram crenças que, por vezes, tomaram conta de seu coração e alma.

Houve momentos em que tem sido difícil para você separar suas próprias crenças e experiências daqueles ao seu redor, tornando extremamente desafiador ver o quadro geral de sua vida. No entanto, as marés estão mudando, e você está começando a perceber que quanto mais você se concentra no quadro geral, mais capaz você é de andar no ebb e fluir com graça e serenidade. Sim, as minúcias e detalhes mais finos são importantes, mas não às custas do quadro geral, caso contrário, de que outra forma você pode ter uma noção de onde você está indo e por que se você não pode ver a perspectiva geral? É hora de deixar seu verdadeiro eu brilhar brilhantemente; respire fundo e acredite em si mesmo. É hora de amar a si mesmo e as muitas facetas diferentes de ser você…

CÂNCER

Você passou grande parte de sua vida vivendo condicionalmente: “quando você fez isso, então você pode fazer isso”, ou “quando você tem isso, então você pode conseguir isso”. Uma sensação de esperar por um momento melhor ou tentar acertar a vida antes de agir. Embora possa haver alguma sabedoria nisso, tais pensamentos o mantêm longe do momento presente e seu foco está no horizonte onde a esperança rege. Claro, todos nós precisamos de esperança, e você certamente não está sozinho em viver condicionalmente, como todos fazem até certo ponto ou outro, mas intuitivamente você sabe que a vida é para viver agora, e a felicidade é um estado de ser que precisa nutrir e se nutrir em cada momento. Felicidade ou alegria não depende de você conhecer as condições que você estabeleceu para si mesmo; a felicidade é uma força que pode ser cultivada por si só. Se você tomar um momento e respirar profundamente, você sentirá seu mundo interior se alinhando; se você fizer isso cada vez mais, você vai perceber que a felicidade é sua agora, você só tem que se virar para ela e se tornar um com ela. Isso pode soar um pouco caprichoso demais para você, pois seu foco é tão forte em manter em frente, mas sua alma está ansiando por mais conexão, bem como mais reconhecimento de você.

Encontrar a paz não é sobre desistir de sonhos, mas é sobre perceber que viver sua vida condicionalmente te impede de viver a vida de todo coração. A arte da felicidade parece ser seu foco principal ao longo de agosto, à medida que você começa a reformar e renomear a natureza da felicidade em sua vida. É hora de acreditar que a felicidade não é resultado de “consertar” sua vida, nem é um cenário padrão que emerge depois que você erradicou a infelicidade. A felicidade é viver o momento, buscar alegria onde puder, e encontrar paz sendo você…

LEÃO

À medida que você continua a procurar maneiras de expressar sua criatividade e paixão na vida, há uma sensação de que você evocou uma miríade de diferentes ideias, sonhos e revelações sobre os caminhos que você ainda quer explorar. Houve momentos em que seu destino foi claro e conciso, mas houve outras vezes em que você se sentiu em uma espécie de queda livre, imaginando para onde você estava indo e por quê. Claro, tal oscilação é uma parte natural do fluxo e fluxo, e é um reflexo do seu verdadeiro estado de ser, mas você ainda o acha desconcertante e desorientador para se arrastar da clareza à confusão num piscar de olhos. A mudança é uma constante na vida, mesmo aqueles acontecimentos aparentemente insignificantes, como uma folha caindo de uma árvore ou um broto se transformando em uma flor, todos mudam a paisagem de forma contínua; tudo é fluido. Embora você saiba disso, você ainda acha frustrante às vezes como você deseja algum tempo para pausar, refletir e planejar.

Esse desejo está se aproximando do lado da urgência, pois você precisa de algum equilíbrio para recuperar sua perspectiva mais uma vez. Você passa tanto tempo avançando, tentando ir daqui até lá, tentando ser tudo para todos e tentando marcar sua poderosa lista de “fazer” na vida, então não é surpresa que você precise de algum espaço para respirar. O importante aqui, porém, não é apenas reconhecer que você precisa de algum espaço para respirar, mas realmente criar um pouco em sua vida; pare de se esforçar por não fazer mais, ser mais ou alcançar mais. Em vez disso, mostre compaixão, amor e compreensão, e comece a reconhecer tudo o que você é em vez de se concentrar em tudo o que você pensa que não é. Seja você mesmo e ame-se por isso…

VIRGEM

Por dentro, por fora. Por muito tempo, você tem continuado, tentando conciliar a vida que está vivendo com a vida que você deseja viver. Não é que você esteja infeliz, mas você tem dado uma grande quantidade de seu tempo, energia e recursos para as pessoas agradáveis, fazendo “o que é certo” ou o que você acha que deve fazer. Como resultado, houve alguma desconexão de seu coração e alma como seu foco tem sido nas necessidades dos outros, em vez de em seu próprio caminho. Agora estes não são mutuamente exclusivos, pois você ainda pode apoiar os outros enquanto segue seu próprio caminho, mas você precisa acreditar nisso, e este é o ponto de atrito: honrar suas próprias necessidades não é auto-indulgente e não é egoísta, é uma parte necessária e vital de sua existência. O problema é que você passou tanto tempo de sua vida dando, exagerando e se sacrificando que simplesmente se sente desconfortável demais para fazer qualquer outra coisa.

“Você tempo” tantas vezes parece um luxo e tirar algum tempo para reformar e re-definir sua vida parece quase além do possível. No entanto, você sabe que é possível porque você já está fazendo isso! Você está pronto para injetar um pouco de criatividade e brilhar de volta em sua vida, pois você não está mais contente em continuar. É hora de se voltar para o seu mundo interior e encontrar a alegria em ser você; você é uma alma maravilhosa, vibrante e criativa, e isso precisa ser celebrado e nutrido. Esta é uma oportunidade maravilhosa para realinhar seus pensamentos e crenças, a fim de criar um novo capítulo em sua vida; nada é definido em pedra, tudo é fluido. É hora de tomar o leme da nave de sua vida, a fim de explorar pastos novos…

LIBRA

À medida que os diferentes fios continuam tecendo e dançando com a vazão e o fluxo, há uma sensação de que você está começando a ganhar alguma clareza quando se trata do quadro maior – a tapeçaria – da sua vida. Você experimentou uma gama tão ampla de emoções recentemente: da felicidade e alegria, à tristeza e raiva, bem como alguns momentos de “aperto de fundo” onde a vida tem sido de criação assustadora e caótica. Este turbilhão de energia tem sentido inquietante em um nível, mas perfeitamente normal ao mesmo tempo. Sim, há momentos em que você não quer nada mais do que pressionar o botão de pausa a fim de respirar fundo e se recompor, mas você também está ansioso para criar mudanças e agitar os fundamentos de sua vida. Ser você é certamente complexo às vezes! Talvez um bom lugar para começar em agosto seja pensar sobre o que você quer alcançar e por que você quer alcançá-lo? O que te inspira? O que ilumina sua alma? O que te alimenta? O que te esgota?

Você tem que se conhecer antes de ser você mesmo. Claro, você sabe disso, mas você passou muito tempo focado em ser quem você acha que deveria ser em vez do que seu coração e alma clamam. Você parece inquieto agora e pronto para algo mais; você quer a liberdade de explorar sua essência e ter tempo para desenvolver mais equilíbrio em sua vida. Ao mesmo tempo, parece haver um desejo de você se intrometer por um tempo, pois está cansado do foco constante em seu destino; você quer que o espaço para ir para passeios na natureza, poeira fora de um bom livro ou sentar-se no jardim tomando chá não fazendo absolutamente nada. Resumindo, você tem se esforçado demais e agora é a hora de respirar profundamente para redescobrir a vida de sua melhor forma…

ESCORPIÃO

Agosto parece ser um mês para recuperar algum centro quando se trata de reconhecer suas verdadeiras prioridades e necessidades. Você passou grande parte de sua vida tentando manter todos felizes e ser a versão de si mesmo que você sentiu que precisava ser para melhor ‘se encaixar’, mas você parece pronto para buscar alguma paz interior a fim de desenvolver uma abordagem mais sincera, e embora isso possa soar ligeiramente ‘caixa de chocolate’ e idílica, você já teve o suficiente de não permitir que sua verdadeira essência flua livremente. Isso é inquestionavelmente desafiador para você, pois você realmente luta com a ideia de que você pode estar decepcionando os outros, mas quando você explora isso mais profundamente, parece que a pessoa que você está mais motivado a não decepcionar é você mesmo. Esta é a força que te leva a dar tanto aos outros como você sente que não é o suficiente a menos que você esteja se esforçando para ser tudo para todos.

Esta é uma dinâmica complexa e é difícil de articular, mas quanto mais você se vira para enfrentar o seu eu interior, mais você está percebendo o quanto você se dobra fora de forma para acomodar os outros. Claro, você é uma alma que dá, mas precisa se dar mesmo quando a vida parece caótica e ocupada. Na verdade, estes são os momentos em que você precisa se dar a si mesmo. É difícil quando tudo está se chocando e colidindo juntos, mas quando você respira fundo, a perspectiva aparece e percebe que é hora de deixar sua verdadeira natureza fluir livremente enquanto lutar isso te impede de viver consciente e de todo o coração. Tenha a coragem de ser você mesmo e encontrar novas maneiras de canalizar sua criatividade em algumas novas aventuras. Honre seus pontos fortes e saiba que é perfeitamente maravilhoso ser do jeito que você é…

SAGITÁRIO

Sua vida foi repleta de altos e baixos nos últimos meses, alguns são momentos felizes e alegres, alguns são desafiadores e alguns tristes. Há dias em que você sente que está experimentando todo o espectro de emoções em um único momento, e isso pode parecer esmagador à medida que se apressa em diferentes níveis de sua consciência e desvia seu foco em inúmeras direções diferentes ao mesmo tempo. Claro, é bastante comum sua atenção ser espalhada em diferentes direções à medida que você prospera na energia de ter múltiplos projetos ou empreendimentos acontecendo em qualquer momento, mas essa onda de emoção é diferente, pois está atingindo profundamente seu coração e alma, pedindo que você ouça mais atentamente e pare. Você passou grande parte de sua vida correndo: carregando em novas aventuras, fazendo malabarismos inspiradores listas de “fazeres” e você também passou um tempo correndo em outra direção quando a vida ficou muito, ou você se sentiu muito amarrado.

Como espírito livre, é importante que você tenha espaço para respirar em sua vida, ter espaço para ser espontâneo e a oportunidade de seguir sua intuição. Quando a vida fica ocupada com as coisas para fazer, as pessoas para ver e lugares para ir, pode sentir como se todo o oxigênio tenha sido sugado para fora da sala como você não pode respirar profundamente ou se concentrar, mas é importante lembrar que a maioria dessas coisas para fazer, as pessoas para ver e lugares para ir estão em sua agenda porque você colocá-los lá. Em outras palavras, você tem algum controle sobre o quão ocupada sua vida fica, e você também tem escolhas quando se trata de suas verdadeiras prioridades. Então, reconheça a intensidade da mudança que está experimentando, honre as emoções e tenha a coragem de ser livre…

CAPRICÓRNIO

Sua vida tem sido bastante pesada e complicada recentemente; sua busca por um pouco de paz foi recebida com um desafio após o outro e a ocupação tomou conta da maioria das diferentes áreas de sua vida. Embora você goste de ter coisas para fazer, você também precisa de alguns momentos mais tranquilos para fazer um balanço e refletir, pois esta é uma das maneiras que você tenta entender a vida. No entanto, esse sentimento pesado tem sido difícil de mudar, e é como usar um macacão de lã apertado que é vários tamanhos muito pequenos; você não pode se mover livremente, ele coça e você é quente. Quanto mais você mexe com o salto, mais quente você fica, e você não tem energia para puxá-lo sobre sua cabeça como ele é tão apertado. O peso tem sentido sufocante e restritivo às vezes, e lentamente se tornou uma distração em si mesmo. No entanto, parece importante saber o que está causando esse peso como estar ocupado é algo que você está acostumado.

O que está fazendo você se sentir tão restrito e contido? Claro, só você pode saber a resposta para esta pergunta, mas há uma sensação de que você está voluntariamente assumindo mais e mais coisas para fazer e sua lista de “fazer” está crescendo exponencialmente; você não gosta de dizer não, e você não gosta de desapontar. No entanto, parece que a verdadeira causa da tensão é a sua tendência a continuar buscando mais para fazer: você simplesmente não sabe quando parar! Você realmente precisa de espaço para respirar, esticar e refletir, e quando você pode mudar sua perspectiva, você vai perceber que é fácil remover este “salto’ restritivo, você só tem que querer. Você é uma alma vibrante e compassiva, e enquanto faria qualquer coisa por qualquer um, é hora de ser mais terno e compassivo consigo mesmo, a fim de viver de forma mais sincera e consciente…

AQUÁRIO

Buscar alegria e visão mais criativas continua a tomar o centro do palco durante todo o mês de agosto, à medida que você encontra novas maneiras de canalizar seus dons em novos projetos e (anúncios)empreendimentos. Olhando para a janela de sua alma, há uma sensação de que você aprendeu algo verdadeiramente incrível sobre si mesmo: você percebeu que a vida não é sobre ser perfeito ou acertar, é sobre honrar a si mesmo, ser você mesmo e aproveitar o passeio. Lutar pela perfeição pode ser motivacional, mas também pode ser desmoralizante se você não cumprir as altas expectativas que você constantemente tem para si mesmo. Há beleza na imperfeição, e embora você saiba intuitivamente que a vida é sobre os cortes, arranhões, solavancos e buracos que você descobre ao longo do caminho, ainda é difícil para você aceitar isso.

Lutar pela perfeição pode levar a sentimentos de falta e descontentamento, pois seu foco permanece em onde você quer estar e não em onde você está agora. É importante perceber a necessidade de viver o momento, encontrar alegria nas ‘imperfeições’ e parar de se esforçar tanto para fazer mais, ser mais e conseguir mais. Agora isso não quer dizer que você deve desistir de seus sonhos, muito pelo contrário na verdade, mas você precisa assumir a sua percepção de que a vida é sobre ser você mesmo, desfrutar do passeio e buscar alegria criativa. É difícil articular totalmente a energia desta mudança, mas parece tão vibrante e efervescente, é animador e animador. É hora de desmontar o pedestal que você usa tantas vezes e abrir seu coração e alma para viver sua vida o mais sincero possível. O que faz seu coração cantar? O que te traz alegria? Você passou tanto tempo tentando acertar a vida que perdeu a visão sobre o que te motiva e inspira. Então, respire, sorria e voe livre…

PEIXES

À medida que você continua a reformar sua vida em todos os níveis, há uma sensação de que você está começando a re-descubra a importância de viver sua melhor vida. Esta é uma mudança poderosa, mas ainda há uma sensação de que você tem vivido no raso da distração em vez de explorar as profundezas de sua consciência. No entanto, você finalmente parece pronto para apreciar sua complexidade e mergulhar em suas profundezas, a fim de se conectar à sua criatividade e paixão. Viver a vida no raso parece uma vida de desconexão para você, pois você precisa abrir seu coração e alma para a vida de todo coração à medida que você pisa além do fôlego de manter em frente. Você está pronto para respirar fundo e deixar ir. Deixar ir significa algo diferente para pessoas diferentes, mas intuitivamente você sabe que continuar não é a maneira que você ânseia viver. Sua consciência é vasta e à medida que você flui pelo oceano do universo, você quer mergulhar e se tornar um com as correntes.

Você é muito bom em subestimar a si mesmo, e isso muitas vezes mantém você no raso enquanto você se distrai com estar ocupado, pois significa que você não precisa reconhecer o desejo do seu coração e, em seguida, ter uma chance explorando-o. No entanto, claramente você está reconhecendo isso em algum nível como você está ciente disso, então talvez este seja um sinal de que você precisa começar a viver sua vida mais conscientemente? É importante parar de acompanhar o fluxo daqueles ao seu redor e começar a criar seu próprio fluxo mais uma vez. Em outras palavras, seja você mesmo. Aproveite o tempo para mergulhar profundamente em sua alma, a fim de se conectar à sua intuição e deixar isso liderar o caminho. Passar sua vida passando não é seu estado natural de ser; você precisa de espaço para expandir, crescer e evoluir.

Autor / Canal : Sarah Jane Grace 
Fonte primária: https://www.sarahjanegrace.com
Fonte Secundária: https://eraoflight.com/
Tradução: Sementes Das Estrelas / Lorinne Brentel / Cassiano Rossi

Fonte: Sementes Das Estrelas

9 Views